segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Desde quando isso é acessibilidade?

   Hoje estive em um restaurante e, na hora de pagar a conta, fui direto ao caixa. Lá estavam distribuindo gratuitamente um livreto chamado Guia Gastronômico VIP Recife 2011, onde estão listados os principais restaurantes da cidade. 
  Comecei a folhear a publicação e, chegando a uma página com o título "legenda", tamanha foi a minha surpresa. O primeiro ítem é o símbolo internacional de acessibilidade

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Calçada e Acessibilidade... é possível juntar as duas?

   Decidindo sobre o que escrever nessa nova postagem, lembrei de um vídeo que recebi por email de uma amiga engenheira civil, também engajada na causa da acessibilidade.
   Acredito que não existam palavras que expressem meu sentimento ao término da sequência de imagens que assisti,

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

De olho na mídia!

   Vou dar mais uma colher de chá aos que perderam a reportagem de domingo, no Fantástico, sobre acessibilidade:
http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1636769-15605,00-PARAPLEGICO+ENCARA+OS+DESAFIOS+DA+FALTA+DE+ACESSIBILIDADE.html

  E para os que se interessam pelo tema e desejam aprender mais, em janeiro acontecerá um curso de arquitetura acessível em São Paulo-SP, ministrado pelo escritório de arquitetura "Arquitetura Acessível". Vale a pena conferir:

domingo, 19 de dezembro de 2010

Adaptado ou adequado... você sabe a diferença?

  Essas palavras são muito encontradas no vocabulário dos arquitetos e profissionais da área. Mas será que eles realmente sabem qual a diferença entre elas?

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Socorro-SP, uma cidade acessível.

   
Alguns de vocês talvez já tenha escutado falar sobre turismo acessível. Infelizmente isso tem sido uma novidade... por outro lado, graças a Deus esse mercado acordou e percebeu que investir no consumidor com deficiência pode trazer lucros ainda maiores!
   Talvez eu nunca tivesse escutado algo sobre a cidade de Socorro-SP se esta não tivesse se tornado o primeiro destino turístico adaptado às pessoas com deficiência.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Reportagem sobre Acessibilidade no Jornal Nacional

   E para os que não assistiram ao Jornal Nacional desta noite, uma das matérias teve o tema: Pessoas com deficiência ainda têm dificuldade de acesso a locais públicos. A reportagem ressalta que, embora a Lei de Acessibilidade tenha sido aprovada há 10 anos, adequações e adaptações são obrigatórias apenas para novas edificações ou para as reformas.
   Vou dar uma chance para quem perdeu a matéria no ar. Segue o link da reportagem:

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

De olho na obra!

   Essa semana recebi uma ligação do meu tio Carlos Alberto. Na verdade todos o conhecem por Mano na cidade onde mora, São José da Coroa Grande-PE. Estava preocupado com um problema de vazamento em seu banheiro... Ele mora com minha vó (a vozinha que comentei no post sobre a Sé de Olinda) e há alguns anos fiz um projeto para o apartamento deles; transformando dois flats de 35m² em um só, com dois quartos.
   Na fase da execução do projeto, tivemos algumas dificuldades, por se tratar de uma cidade pequena no litoral de Pernambuco. Não encontraríamos a venda por lá produtos específicos como bacia sanitária especial, barras de apoio, etc. Pensamos em comprar em Recife e pagar frete até lá, mas o custo total seria inviável para nós. Resultado: usando de criatividade, tivemos que improvisar...

Você sabia?

   Acho que essa informação deveria ser mais divulgada...
   A NBR9050, Norma de Acessibilidade do Brasil, é uma das únicas que são gratuitas (existem algumas de turismo também). Todas as outras tem que ser compradas à ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). A Norma de Acessibilidade pode ser facilmente encontrada, pois está disponível em vários sites na internet.
   Seguem alguns links:

domingo, 12 de dezembro de 2010

Acessibilidade = sensibilidade

   Resolvi começar a escrever pelo assunto que mais me interessa no momento: acessibilidade. Não apenas porque o tema está "na moda", mas porque mexe bastante comigo. 
   A maioria das passoas tem conhecimento das leis e normas que regulamentam o assunto. Mas será que essas pessoas estão sensíveis a ele?
   Ontem estive na Sé de Olinda-PE, ponto turístico bastante visitado na cidade, inclusive para quem está visitando Recife-PE (cidades vizinhas). Recentemente ouve uma reforma no local, acredito que a última etapa da requalificação urbana que se iniciou com obras nas ruas e calçadas, tornando-as acessíveis. Algumas coisas me chamaram bastante atenção no passeio...